Pular para o conteúdo principal

Cyberkaos

Tesla di Murbox - 3 / 9 / 2014

A concepção de que o "Caos é verdadeiro" abrange todas as loucuras sim, mas nem por isso ignora as ações, reações e suas respectivas responsabilidades. Como ter a chance de apostar na mega sena te faz participar desta brincadeira de fato, independente de ganhar ou não. Faça loucuras que terá as mesmas responsabilidades, como por exemplo que entrará com o corpo despido na água sem se molhar. As chances são muito baixas quando não participar de uma excursão dentro de um submarino. 

Presumindo que você saiba nadar, ao experimentar toda a magnanimidade caótica isto é assustador de fato no seu primeiro impacto, mas ao se acostumar e manter a lida com este caos perceberá que ele também é divino. Isto implica num absurdo de que magos e magas caóticos são "do bem"? Também que somos do "mal"? A realidade dos fatos é nosso testemunho prévio de que tanto faz. Buscamos o sucesso de nossas atividades independente do que falarão sobre... Aliás a grande vantagem da prática caótica é que quando a julgadora sabe que você a pratica é porque você já a fez e a pessoa ainda vai escolher qual divindade abençoará seus próprios dogmas. Chamem-nos de feiticeiros, magos, xamãs ou a porcaria de definição, já foi. Isso! Acabou de passar uma magia zumbindo de um servidor pela tua porta e você nem viu! 

Percepções dogmáticas conflitantes atrapalham muito nossa vida, principalmente quando somos jovens, a causarem até mesmo suicídio em pessoas com o processamento de suas identidades avariado. Então a Magia do Caos cada caso conforme os dogmas que travam a pessoa... Ou não. Como diz o ditado: "Cada macaco no seu galho", então muitas vezes ele quebra e, antes de nos espatifarmos no chão, à prática caótica nos orienta à precaução de usarmos uma corda de "body jumping" para evitar maiores transtornos.

Mas a grande vantagem da Magia caótica é que, mesmo a praticando na solidão, podemos nos unir a outras pessoas praticantes a realizarmos magia pelas mesmas metas. Independente se a pessoa cultua Alá, Satã, Zulu, Deus, Zeus ou o que for, ESTAMOS SEMPRE JUNTOS! Então a egrégora que foi feita está além das quatro paredes de uma ordem qualquer, está em nós.

Muitos se empolgaram com o filme "Matrix" e colocaram a realidade com bases naquele contexto. Ainda que diferente do livro "Cyberdrome" que deu origem à ideia de realidade paralela, que no Chaos ativaríamos esta concepção, mas como não fizeram parte 4, parte 5 ou mais, a ideia foi engavetada nos grupos mais ativos de praticantes. De fato o tempo não existe e em algumas décadas será possível estourar os conceitos de relatividade de Einstein, caso nenhum ditador liquide o direito de livre pensamento. Mas até lá temos muito sucesso a desenvolver com o caos dentro de nós.

Regojize-se. Somos bons e maus, mas até explicar isto para quem acorrentou seus olhos pouca coisa mudará. Bola para frente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona Magia Caótica

Cada época possui seu respectivo método de aplicar magia, presumindo-se que tecnologia deveria facilitá-los. Lembro que todas, cada qual em sua época, nada mais são do que linguagens de com ocada praticante vê a sua realidade. Diversos Sistemas de Magia, em sua totalidade, sempre coexistiram, o que mudou é a ênfase que se dá a cada Modelo em determinadas circunstancias.
Mas estas abordagens não passam de ilustrações de processos reais, embora de grande utilidade. Alguns modelos apresentados a seguir podem ser meios para a compreensão das possibilidades aos Sistemas de Magia mais conhecidos, em vez de explicações finais e definitivas.
•       O Modelo Espiritual
•       O Modelo da Energia
•       O Modelo Psicológico
•       O Modelo Informático
•       O Meta-Modelo

O Modelo Espiritual

Este é provavelmente o mais antigo Modelo da Magia, embora talvez tenha surgido logo depois ou simultaneamente com o Modelo da Energia. Podemos achá-lo por todo o planeta, em culturas xamânicas assim co…

Servos Caóticos

Servos Caóticos

A internet aproximou muitos praticantes da Magia do Caos para que notássemos muitas diferenças nas práticas individuais, até mesmo no mesmo panteão. Pessoas maios sábias entre nós aprenderam umas com as outras, as outras ainda reclamam que tudo está "errado". Prefiro aprender do que ensinar, e assim sugiro às demais pessoas.
Tradicionalismos à parte, o meta-modelo (já mencionado em outro blog anterior) da Magia do Caos possibilitou a criação de entidades autônomas conscientes em dimensões paralelas acessassem nossa realidade realizando comandos pré-configurados por estados alterados de consciência. Estas energias usadas por magos caóticos podem utilizar qualquer dos outros modelos juntos, a caracterizar a Magia do Caos a algo mais do que filosofia, mas também uma tecnologia para obtenção de resultados. Então a Magia do Caos como abordagem ou postura mágicka pode usar sistemas e até a ciência já existentes como caminho para resultar, por exemplo, nos SERVOS (o…

090 - O uso do Grafeno em painéis solares